25 anos de sucesso

Humildade




Nesse ano, Emerson Coneglian completou 25 anos como dentista, uma carreira pautada no sucesso e na humildade

Sucesso e humildade. Duas palavras que, em um primeiro momento, parecem se repelir. Mas na vida de Emerson André Carrit Coneglian foi diferente, elas se atraíram e transformaram o dentista em um dos mais prestigiados profissionais da odontologia de Lençóis Paulista e da região. Em 2017, Emerson completou 25 anos de uma carreira sólida e pautada na dedicação.

A pergunta que fica é: como tudo começou? No Ensino Médio, Emerson se preparou para estudar exatas. Tanto que, no segundo colegial, ganhou a Olimpíada de Matemática. Em 1987, foi aprovado em Matemática na Unicamp e Engenharia Civil na Unesp. Optou pela primeira. “Quando chegou o segundo semestre de 1988, houve uma greve muito grande por causa do movimentos Diretas Já. Era uma época em que o país estava borbulhando. Então, uma amiga disse que ia prestar Medicina e pediu para eu tentar também. Eu disse que era complicado e que prestaria Odontologia”. Foi aprovado e, em 1989, ingressou no curso que faria carreira.



“Apesar de eu sempre gostar de matemática, as minhas notas de biologia e química sempre eram muito boas”. E esse perfil multidisciplinar acompanhou Emerson durante toda a sua vida. “Amo a literatura, é algo que me encanta. Talvez seja devido ao exemplo do meu pai, que gostava muito de ler e escrever. A gente é capaz de gostar de mais de uma área. A predeterminação é saudável por um lado, mas muitas pessoas deixam de trilhar novos caminhos. Mesmo com a força do destino, é sempre importante ter um plano B, já que podem surgir novas oportunidades, realizações e sonhos”, analisa.

Após se formar, Emerson trabalhou em um consultório de Lençóis Paulista. “No começo, atendia no horário do almoço, depois das 18h, sábados e feriados. Nem todo mundo quer se sujeitar a isso, mas eu precisava me firmar na carreira e ser autossuficiente”. Pouco tempo depois, montou o seu próprio consultório, onde hoje continua a atender os seus pacientes. Em 1995, após ser aprovado em concurso, foi chamado para trabalhar no serviço público. Fez mestrado, lecionou no curso de graduação da FOB-USP (Faculdade de Odontologia de Bauru) e, hoje, é professor no curso de especialização em Dentística da mesma faculdade, função esta que desempenha desde 2007. “Fui paraninfo e nome de turma na USP, algo que me deixa muito honrado”.

Durante todos esses anos de carreira, a área acadêmica sempre foi a “menina dos olhos” de Emerson. Tanto que ele decidiu ingressar no doutorado na Faculdade São Leopoldo Mandic, em Campinas. “Faço o curso com o mesmo Dr. Ado Francischone, que me orientou no mestrado na USP e agora está me orientando no doutorado”. O consultório e o serviço público não ficam para trás. “Um dos meus grandes acertos na vida foi a carreira no serviço público, eu me sinto orgulhoso de falar que sou servidor. Já clinicar é algo que eu amo fazer”.

Para finalizar, Emerson destaca dois grandes momentos de sua carreira. Em 2007, ele ganhou o troféu Prata da Casa da Unicamp, no jubileu de 50 anos da faculdade. No mesmo ano, foi agraciado com a Medalha e Comenda Tiradentes, considerada a mais importante láurea outorgada pelo Crosp (Conselho Regional de Odontologia de São Paulo). “Eu tenho orgulho de ser o mesmo Emerson de 25 anos atrás, apenas com mais conhecimento”, finaliza.