Dicas para emagrecer após a gestação

lanche escolar, Peso, Comida




Não há nada mais prazeroso do que a chegada de um bebê na família. As recém-mamães se pegam em uma mistura de felicidade, insegurança, medo e insatisfação com as mudanças sofridas pelo corpo durante a gravidez.

As mães precisam lidar com as descobertas da maternidade, dedicam todo seu tempo com o bebê e não se reconhecem no corpo que enxergam no espelho. Aumento na quantidade de gordura, celulites que apareceram e a flacidez na barriga parecem ser impossíveis de reverter. Emagrecer depois do parto torna-se necessário – mas a maioria das mamães não sabe nem por onde começar.

Os dados são preocupantes: cerca de uma em cada quatro brasileiras apresenta depressão pós-parto, segundo estudo da Fundação Oswaldo Cruz. Uma pesquisa feita no Canadá mostrou que o período ideal para perder os quilos extras adquiridos durante a gravidez é entre três a 12 meses após o parto. As mulheres que não perdem medidas ou engordam neste período correm risco de desenvolver sérios problemas de saúde (hipertensão, diabetes e doenças cardíacas)



Algumas dicas que ajudarão ao retorno da velha forma depois do nascimento do bebê:

1ª dica: não use a gravidez como desculpa para relaxar. Aproveite para corrigir a alimentação. Comer “porcarias” pode fazer com que você tenha um bebê pequeno para uma mamãe enorme.

2ª dica: amamente! Alimentando seu bebê com leite materno, você está queimando de 500 a 700 calorias por dia. Seu corpo ganha 4 kg a 5 kg durante a gravidez com a finalidade da amamentação, e se você não amamentar o bebê, esse peso será mais difícil de ir embora. Mães que amamentam seus filhos regressam ao seu peso original mais rapidamente. Amamentar também ajuda o útero a contrair-se mais rapidamente de volta ao seu tamanho pré-gravidez.

3ª dica: pratique atividades físicas! Regula o sono, previne depressão pós-parto, melhora a circulação sanguínea, libera hormônios que causam sensações de calma, prazer e disposição.

4ª dica: evite excesso de cafeína. Não faz bem durante a gestação, e depois da gravidez leva a picos de insulina, fazendo o seu nível de açúcar no sangue cair. Assim, a maior parte das pessoas aumenta o carboidrato refinado para trazer de volta o nível de açúcar no sangue.

5ª dica: seja paciente. Não espere que o peso e o corpo retorne de um dia para o outro.

Pratique exercícios, tenha alimentação fracionada e saudável, sono de pelo menos 6h e boa hidratação. O resultado não tem como ser diferente de não ser positivo – mamãe e bebê saudáveis!

Viviane Gomes Pinheiro Covre
Nutricionista clínica

Confira outros artigos de Viviane Gomes Pinheiro Covre no site da Revista O Comércio