É prata!

atletismo




Marcelo Barbosa pratica atletismo desde os 12 anos de idade; última conquista foi nos Jogos Regionais, em Botucatu

Priscila Pegatin

O contato com o esporte começou cedo para Marcelo Fernandes Barbosa. Aos 12 anos de idade e natural de Bauru, foi na cidade do sanduíche que participou e ganhou uma competição do Dia das Crianças. “Foi assim que um professor foi até minha casa e fez o convite para minha mãe para deixar eu treinar”, relembra.

Hoje, com 33 anos e morando em Lençóis Paulista, Marcelo coleciona medalhas. São mais de 100, a última de prata conquistada na 63ª edição dos Jogos Regionais, realizada em Botucatu. “Competi na modalidade salto em distância”, diz ele, que treina também para as categorias salto triplo e 100 metros com barreira.

Atleta da casa



Lençoense de coração, Marcelo já competiu por Bauru, Jaú, mas agora se orgulha em fazer parte da equipe da Cidade do Livro. “Participei também do pré-regionais, em Sertãozinho, fiquei com o quarto lugar no salto em distância e, para setembro, vou competir no Troféu Bandeirantes, em Botucatu”, diz o atleta, que se divide entre o trabalho, aulas e treino. “Hoje eu treino uma hora por dia e revezo entre academia e prática específica”, conta.

Em contraturno, Marcelo é servidor público, professor de educação física e faz parte do projeto Desenvolvendo Habilidades – em que dá aula de atletismo para 150 crianças, de 6 a 15 anos, da rede municipal, junto com os profissionais Rafael Cardoso e Silvia Conte. “Começar desde cedo no esporte é mais fácil”, diz ele, que tenta incentivar os pequenos. “O esporte representa tudo o que tenho. Fui estudar Educação Física, fiz pós-graduação e curso de treinador da Federação Internacional de Atletismo pelo esporte”, diz Marcelo.

Um entre os destaques

Marcelo Barbosa foi uma das 350 pessoas que foram aos Jogos Regionais de 2019, realizados em Botucatu.

Lençóis Paulista fez parte das 62 cidades e encerrou sua participação no campeonato com o sexto lugar na classificação geral, somando 117 pontos.

Para 2020 a Cidade do Livro vai ser do esporte também, ao ser sede da 64º edição dos Jogos Regionais. “Vamos vir fortes”, garante Marcelo, que não cansa e almeja novas medalhas.