Exercícios pela manhã ou à noite?

Obesidade infantil, Exercício, Preguiça





Há vantagens e desvantagens em exercitar-se pela manhã ou à noite. Então qual é o melhor horário?

Vantagens de fazer exercícios pela manhã: exercícios promovem produção de hormônios, melhoram o humor, ajudam a animá-lo ao iniciar o dia, aumentam os níveis de energia ao longo do dia e deixam a mente mais alerta. Estudos indicam que exercícios pela manhã ajudam a dormir melhor à noite.



Desvantagens de fazer exercícios pela manhã: se você não acorda cedo habitualmente, sair da cama pela manhã pode ser muito difícil e talvez não se esforce tanto nos exercícios quanto se esforçaria se fizesse mais tarde. Além disso, pode atrapalhar seu ciclo de sono. Músculos e articulações tendem a enrijecer. Pesquisas indicam que músculos e articulações ficam até 20% mais flexíveis à noite.

Vantagens de fazer exercício à noite: dormir um pouco mais e não se preocupar com troca de roupa, café da manhã no pós-treino, banho rápido e chegar ao trabalho no horário; para muitos, isso significa menos estresse. Ótima maneira de livrar-se das tensões do dia, das ansiedades e frustrações. Exercícios à noite reduzem o estresse e limpam sua mente do que aconteceu durante o dia. Músculos e articulações estão mais flexíveis à noite, reduzindo chances de lesões. Podendo, ainda, fazer atividade física por mais tempo e com calma, já que a jornada de trabalho se encerrou.

Desvantagens de fazer exercício à noite: podem surgir distrações à noite que eliminem a malhação de seu dia. Depois do trabalho, você pode achar que não tem energia para se exercitar. À noite a segurança pode ser uma preocupação, especialmente em treinos ao ar livre. No inverno escurece mais cedo, o tempo fica imprevisível e pode dificultar a prática de atividades. Academias geralmente ficam mais cheias depois do término do horário comercial e sua malhação pode ser menos eficiente. Para aqueles com dificuldade de dormir, se praticar atividade física duas ou três horas antes, a qualidade do sono pode ser afetada. O estado desperto intensificará, o hormônio do estresse vai elevar, dificultando o adormecer. Mas isso depende da intensidade da atividade praticada.

Conclusão: o horário que escolher para a atividade física é o melhor horário. É importante encontrar a rotina que funciona melhor para você e que possa manter regularmente. Seja flexível para dar-se a melhor chance de se exercitar adequadamente. Pratique em diversos horários para ver em qual deles você se sente melhor, não apenas logo após o treino, mas também nas horas seguintes.

Daniel Orsi Covre
Educador físico

Confira outros artigos de Daniel Orsi Covre no site da Revista O Comércio