Macatuba volta a fazer RG na cidade

RG




Serviço já está disponível no posto do DETRAN-SP, das 8h às 11h e das 13h às 15h

Da Redação

Através de convênio firmado entre a Prefeitura Municipal de Macatuba e a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, o RG voltou a ser feito na cidade de Macatuba. O prazo para a entrega do documento é de até 15 dias.

“A pessoa não precisa nem fazer a foto antes, ela é feita aqui mesmo no local. A coleta da impressão digital é direto no equipamento, não precisa pintar dedo e já colhe a assinatura digital, o que agilizará todo o processo para o munícipe de Macatuba”, comentou o policial auxiliar de papiloscopia, Valmir Tadeu Freitas.



O serviço é gratuito para a primeira via do documento, homens com mais de 65 anos e mulheres maiores de 60 anos, para pessoas desempregadas há mais de três meses, pessoas com declaração de pobreza e para reemissão de documentos de identidade decorrente de erro de digitação ou confecção.

O serviço já está disponível e funciona no posto do DETRAN-SP de Macatuba, que fica na rua João Batista Cavalari, nº 758, no Centro da cidade. O agendamento prévio deve ser feito através do telefone 99612-208, das 8h às 11h e das 13h às 15h.


 

Documentos exigidos para emissão de Carteira de Identidade:

Primeira via menor de idade:

Certidão de nascimento original e cópia

Primeira via maior de idade:

Solicitar, além da cópia da Certidão (Nascimento ou Casamento), o maior número de documentos possíveis, em especial que possuam impressão digital para confronto.

Segunda via:

Mulheres: Levar Certidão de Nascimento ou Casamento original e cópia;

Homens: Levar Certidão de Nascimento ou Casamento original;

Levar documentos originais, caso queira acrescentar no RG: o CPF; o PIS/PASEP: o reservista; o tipo sanguíneo; o cartão SUS.

Isenção de taxa:

Primeira via da Carteira de Identidade;

Pessoas idosas com mais de 65 anos (homens), e 60 anos (mulheres);

Desempregados há mais de três meses, comprovado em carteira;

Certidão de pobreza;

Remissão de 2º via da carteira de identidade, decorrente de erro de digitação ou confecção, desde que o interessado aponte o equívoco no prazo de 90 dias.