O azul do Caribe

Caribe




Beatriz e Ricardo estiveram em Cancún, onde comemoraram dez anos de relacionamento

Angelo Franchini Neto

O mar do Caribe tem sido tema frequente de matérias da editoria Viagem e Aventura. E quem provou um pouco desse paraíso foi o casal Beatriz Paccola Candido e Ricardo Prandini. Ela, apaixonada por praia; ele, não faz tanta questão. “Quando começamos a pesquisar, Cancún logo chamou a atenção e então decidimos o destino! Não foi uma tarefa tão difícil assim”, brincam, aos risos. “Aliás, esta viagem foi em comemoração aos nossos dez anos de relacionamento”, disseram.

O casal ficou em Isla Mujeres, onde o comércio local é bastante forte. “O caminho até a ilha foi de catamarã e incrível. Teve mergulho com snorkel (em águas rasas, com máscara, nadadeiras e tubo), mas apenas meu marido participou porque eu tenho medo. Ele disse que é incrível ver a vida marinha tão de pertinho, bem como as estátuas que tem no fundo do mar”, diz Beatriz.



Sobre a comida, nos primeiros, ela confessa que foram difíceis. “O tempero é diferente e a comida é mais apimentada”. Tanto que o casal andou mais de uma hora para achar um McDonald’s. “Estávamos desesperados para comer algo que não tivesse o gosto da comida local e o McDonald’s era o único jeito de lembrarmos do Brasil”. No quarto dia, Beatriz e Ricardo foram para um resort all inclusive, onde a comida era mais a cara deles. “Haviam muitas opções em restaurantes, inclusive um italiano que era incrível. Ficamos viciados na comida”.

O povo mexicano se mostrou bastante receptivo aos brasileiros, mas a “propina” (gorjeta, tradução em português) era praticamente obrigatória. “Eles são super animados, tinha festa todas as noites no hotel, inclusive com música ao vivo. Eles gostam é de ver o brasileiro bebendo tequila, e nos ofereciam o tempo todo, mas eu e o Ricardo preferimos ficar mais tranquilos, pois as noites são bem agitadas por lá e existem opções pra todos os gostos”.
Se pretendem voltar? “Com certeza. Cancun é incrível, as praias, o mar de água cristalinas, a estrutura dos hotéis, o clima, enfim, tudo nos agradou”, finaliza Beatriz.