Realizando sonhos

Flor




Andréa é decoradora de festas; ela conta sobre como uma paixão virou profissão

Priscila Pegatin

Foi em meio a organização do casamento da filha Evelyn, que Andréa Raquel de Castro Schulz, da Andréa Flor Decora, atendeu a Revista O Comércio.

A gaúcha escolheu Lençóis Paulista como sua segunda casa e aqui, há dois anos e meio faz sucesso com a decoração de festas e eventos corporativos.



Os primeiros arranjos

Se tornar decoradora nunca foi o objetivo de Andréa, mas como ela mesma diz, aos poucos descobriu que este era seu destino, e hoje não se imagina fazendo outra coisa.

Mas o início desta história começou há alguns anos em Sapucaia do Sul/RS, entre a infância e adolescência da Empresária do Mês. “Aprendi com uma tia a trabalhar com artesanato. Era aquele artesanato de confeccionar as peças, como pegar o jornal e transformá-lo em algo”, diz. Desde então muita coisa mudou na arte e na vida de Andréa, entre elas a vinda para o estado de São Paulo e o nascimento das três filhas, a Ariany e as gêmeas Evelyn e Emily. E essa paixão pelo artesanato ficou ali, mais quieta.

No entanto, com as meninas ainda pequenas, o trabalho manual voltou a fazer parte da vida da Empresária, pelo menos duas vezes ao ano, nos preparativos e decoração dos aniversários das filhas.

A criação da Flor Decora

Mantendo o trabalho no comércio e a decoração que fazia para a família como segundo plano, Andréa aceitou a proposta da filha Evelyn de ajudá-la na decoração da sua formatura na Etec. Surgia assim a Flor Decora, inspiração da Evelyn que depois teve no comando a mãe, a empresária Andréa. “As pessoas gostaram do resultado da formatura e depois disso em um mês a gente tinha 20 festas para fazer”, relembra com surpresa Andréa.

Só que do contrato fechado para a decoração em si, a Empresária do Mês encarou uma rotina puxada. “Como eu sempre soube fazer artesanato eu não comprava as peças para decorar. Tudo eu fazia. E até hoje é assim”, diz ela que conta bordar vasos, instalar a parte elétrica de luminárias e inclusive confeccionar os móveis que são usados nas festas. “Sim, fiz o curso de marcenaria. Isso me ajuda a ter um acervo maior e melhor preço”, explica a empreendedora.

Das festas infantis à formatura, Andréa hoje é reconhecida por decorar eventos corporativos e em especial casamentos. “Me satisfaço em realizar o sonho de toda noiva, não importa o tamanho que vá ser a festa ou o poder aquisitivo dela. Trabalho para ter opções para atender à todas”, diz com o brilho nos olhos de quem ama o que faz.

Para os próximos meses Andréa pretende investir um pouco mais no acervo e manter o ritmo na decoração das festas. “Tenho contrato até 2021”, comemora a Empresária do Mês sobre o bom resultado do seu trabalho.