Sorriso contagiante

Glória Maria




Aulas de balé e de pintura, cavalgada com a égua Fada, passeios de bicicleta e muita diversão: esse é o dia a dia da pequena Glória Maria

Angelo Franchini Neto

O amor à natureza, a simplicidade e a simpatia são as características mais marcantes de Glória Maria Vieira de Souza. Ela mora com os pais e a irmã Alice em um sítio localizado a poucos quilômetros da Vinícola Casagrande. A curiosidade fica por conta de seu bichinho de estimação. Ou seria bichão? É a égua Fada, que não desgruda de Glória Maria um minuto sequer.

E essa amizade começou há pouco mais de seis meses, quando a pequena e a mãe foram buscar feno no bairro rural São Judas Tadeu. “Um homem que faz prova dos três tambores estava vendendo a égua e eu pedi para dar uma volta. Ele deixou, selou ela e eu andei”. Os pais de Glória Maria, a princípio, disseram que não comprariam Fada. “Quando cheguei da escola, vi a cabeça dela. Aí eu disse ‘ai, meu pai comprou a égua que eu queria’. Desci e era ela que estava lá”.



A alegria foi tanta que não demorou muito para a bagunça se instalar no sítio. Bagunça boa, daquelas que a criançada adora. “Nós brincamos muito. Estou ensinando ela a chutar a bola, mas está bem difícil”, brinca. Ela ainda faz questão de mostrar à reportagem da Revista O Comércio diversas fotos tiradas ao lado de Fada. “Eu não gosto de cavalos, eu amo”. Durante a entrevista, a égua estava prestes a parir. “Eu acho que o filhote vai ser malhado e macho. A minha irmã e minha mamãe acham que é fêmea. A gente fez uma aposta e, quem acertar, vai levar R$ 20,00”.

Além de Fada, Glória Maria tem outros amiguinhos. São eles três cachorros (Lindinha, Meg e Branquinho), galinhas, porcos e peixes. “A minha família gosta de animais. Minha mãe não monta, porque tem medo de altura, mas ela pega o cavalo no pasto e sela sem problemas”. Já a pequena não tem medo algum, nem de altura. “Eu fazia a prova dos três tambores com a Little, uma égua que já morreu. E na volta das aulas de três tambores, durante à noite, eu ia montada no Little e minha mãe iluminava com o carro atrás”.

Quanto não está em contato com a natureza, Glória Maria estuda na escola Lisa Bosi Canova. Também faz aulas de balé e pintura em quadros. “Quero aprender a desenhar cavalos bem bonitos”. Questionada sobre “o que quer ser quando crescer”, Glória Maria responde o que parecia óbvio: médica veterinária. “O que gosto mais de fazer é cuidar da minha égua, andar de bicicleta e brincar de fazer esconderijo com a minha melhor amiga Helena. Aqui no sítio é bem melhor do que a cidade”, finaliza.