Vacinação contra a influenza

Vacinação




Ministério da Saúde disponibiliza  vacina para grupo de risco

Da Redação

Começou no dia 10 de abril e vai até o dia 31 de maio a Campanha de Vacinação Contra o Influenza. De acordo com o Ministério da Saúde, apenas as pessoas que compõem os grupos de risco terão acesso à vacina.

Em Lençóis Paulista, nesse período, as Unidades de Saúde permanecerão abertas até as 19h, com a sala de vacinação à disposição das 14h às 19h, exceto no Distrito de Alfredo Guedes, que manterá a unidade aberta das 8h às 17h.



Datas de vacinação

No período de 10 a 18 de abril serão vacinados os componentes do primeiro grupo de risco, que é composto por crianças de 6 meses a cinco anos, gestantes e puérperas. Os pacientes do grupo 2 terão acesso à vacina no período de 22 de abril a 31 de maio.

Estão no grupo 2 os profissionais de saúde, idosos, pessoas com comorbidades que fazem acompanhamento na unidade de saúde (hipertensos, diabéticos, doença neurológica crônica, obesidade, doença renal crônica), pessoas com comorbidades que precisam de carta do médico (hipertensos, diabéticos que fazem acompanhamento do particular ou em outro serviço, doença cardíaca crônica, doença respiratória crônica, imunossupressão, doença hepática crônica, trissomias, transplantados), professores de escolas públicas e particulares (para os professores haverá estratégia especial com equipe volante), indígenas, pessoas privadas de liberdade, e adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos cumprindo medidas socioeducativas em instituição fechada.

Dia nacional

O dia D da vacinação contra influenza será no dia 4 de maio. Todas as Unidades de Saúde da cidade estarão abertas exclusivamente para vacinação no período das 8h às 17h. Em Alfredo Guedes a vacinação no dia D será das 8h às 13h.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Lençóis Paulista, os acamados serão vacinados em suas casas a partir do dia 22 de abril, devendo para isso que seja informado o endereço na unidade de referência.

Vacina contra influenza

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, profissionais de saúde, professores e outras condições de clínicas especiais).